LEANDRO BARBOSA

Autodidata, aprendeu tocar violão e viola caipira desde criança, com o apoio de familiares e amigos. Vencedor do prêmio de melhor intérprete do Festival de Marchinhas Carnavalescas de São Luiz do Paraitinga/SP em 2012 e vencedor como compositor do Festival Junino de São Luiz do Paraitinga/SP em 2009 e de Marchinhas de Carnaval em 2010. Interprete do Bloco Pé na Cova durante o carnaval de São Luiz do Paraitinga/SP. Desenvolve em paralelo um trabalho artístico pautado na música regional com o trio Inhengatú.

Bacharel em História na UNAR de Araras/SP e Educação Artística FASC de Pindamonhangaba/SP, foi Secretário de Cultura de São Luiz do Paraitinga/SP.

NETTO CAMPOS

Iniciou seus estudos musicais no teclado clássico, evoluindo para sintetizadores. É compositor premiado no Festivais de Marchinhas e de Música Junina de São Luiz do Paraitinga/SP. Também participou de gravações de CDs como: De “Bloco em Bloco”, “Divina Benção” e “Volta e Meia” de Galvão Frade; “Festa na Rua” da Banda Namoradeira e “Porque nós?” de Camilo Frade. Trabalhou no apoio ao projeto “Mestres Navegantes”, idealizado e produzido por Betão Aguiar, registrando  da Festa do Divino de São Luiz do Paraitinga/SP. 

Formado em Hotelaria pela Universidade de Taubaté/SP (UNITAU) e pós-graduado em Organização de Eventos pelo Senac, atuou como Secretário de Cultura de São Luiz do Paraitinga/SP.

RODOLFO FIGUEIRA

Iniciou seus estudos musicais aprendendo teclado clássico e depois foi para o violão popular, instrumento que usa no grupo. Compôs junto com João Rafael Cursino e César Rodrigo Nunes a música Estrambelhados, para o Festival de Marchinhas Luizenses de 2001, canção que deu origem ao nome da banda.

Licenciado em Letras Português pela PUC/SP e especialista em Educação pela Universidade Castelo Branco (RJ) e em Gestão Escolar pela FAE (PR), é professor da rede pública e particular no Estado de São Paulo, além de lecionar em Faculdade na área de Pedagogia.

RAFAEL CURSINO

Iniciou seus estudos musicais no violão, sendo aluno do violonista Chico Saraiva. Compôs junto com Rodolfo Santana e César Rodrigo Nunes, a música Estrambelhados, para o Festival de Marchinhas Luizenses de 2001, canção que deu origem ao nome da banda.

Doutor em História Social pela USP sob a orientação da profª. Drª Marina de Mello e Souza, trabalhou como membro da equipe responsável pela elaboração do Inventário Cultural sobre a cidade de São Luiz do Paraitinga/SP. Também apresenta palestras sobre cultura popular, como no Projeto “Mestres Navegantes”, que foi contemplado pelo Edital Natura de autoria de Betão Aguiar sobre os mestres da cultura popular do Vale do Paraíba.

RENATO FRADE

Iniciou seus estudos musicais com violão, sendo aluno do compositor e músico Chico Saraiva. Além disso, foi aluno do Espaço Musical em São Paulo/SP, onde teve aulas de percepção musical e a aprimorou sua técnica no contrabaixo. Fez parte da banda Quar´de Mata e da banda de apoio do Festival de Marchinhas e Carnaval de São Luiz do Paraitinga/SP. Participou da gravação de trabalhos de artistas como “Festa na Rua” - Banda Namoradeira e “Outros Carnavais” – Galvão Frade.

Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (FEA-USP) e MBA pelo INSEAD, trabalha como consultor de empresas.

JOÃO GASPAR

Natural de Lagoinha-SP, é músico, educador, produtor musical e compositor. Graduado em Educação Artística com a habilitação em Educação Musical, FASC – Faculdade Santa Cecília, concluído em 2006. Curso de extensão em Regionalização do turismo, Faculdade Federal de Santa Catarina (EAD), concluído em 2011. Frequentou o curso livre “Arranjo para grupo de Violões” com o professor Thiago Abdalla, na EMESP, em 2016. Já atou com os seguintes artistas: Grupo Paranga, Gabriel Sater, Renato Teixeira, Zeca Baleiro, Fafá de Belém, Zé Geraldo, Inezita Barroso, Rolando Boldrin, Wanderléia, Chico Lobo, Luiz Carlos Sá, Zé Renato, Ná Ozzetti, entre outros.

FLÁVIO JUNIOR

Iniciou seus estudos musicais na Fanfarra Monsenhor Ignácio Gioia e posteriormente complementou no Projeto Guri. Formado em Música Básica (Teoria Musical I, II e III, História da Música I e II e Prática em Trombone Clássico e Popular) no conservatório de música Maestro Fêgo Camargo. É ex-componente da Orquestra Experimental desta mesma unidade e Orquestra Filarmônica do Vale do Paraíba. Fez parte da banda de apoio do Festival de Marchinhas e Carnaval de São Luiz do Paraitinga/SP. Participou da gravação de trabalhos de artistas como “Festa na Rua” - Banda Namoradeira, “Outros Carnavais” – Galvão Frade, e “Projeto 4 Cantos” – da Luigi Bertolli.

Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade de Taubaté/SP.

LUCAS FERREIRA

Iniciou seus estudos musicais no Projeto Guri. É ex-integrante da FAMIG – Fanfarra Monsenhor Ignácio Gioia e Corporação Musical São Luiz de Tolosa. Estudou Música Básica no conservatório Maestro Fêgo Camargo – Taubaté/SP. Faz parte da banda de apoio do Festival de Marchinhas e Carnaval de São Luiz do Paraitinga/SP. Participou da gravação de trabalhos de artistas como “Festa na Rua” - Banda Namoradeira, “Por que nós? ” - Camilo Frade, “Outros Carnavais” – Galvão Frade, “Projeto 4 Cantos” – Luigi Bertolli.

Formado em Engenharia Civil pela Universidade de Taubaté/SP.

LÉO COUTO

Iniciou seus estudos musicais no Projeto Guri de São Luiz do Paraitinga/SP, na FAMIG – Fanfarra Monsenhor Ignácio Gioia, na Corporação Musical São Luís de Tolosa e no Conservatório Maestro Fêgo Camargo em Taubaté/SP. Desde 2013, é um dos arranjadores e integrantes da Banda de Apoio dos Festivais de Marchinhas e de Música Junina de São Luiz do Paraitinga/SP.  Produziu os arranjos do disco “Por que Nós?”, de Camilo Frade e participou da gravação de trabalhos de artistas como “Festa na Rua” - Banda Namoradeira, “Outros Carnavais” – Galvão Frade, e “Projeto 4 Cantos” – da Luigi Bertolli. Também atua como músico do grupo Céu de Lamparina.

PAULO - BUIÚ

Iniciou na música como membro da Corporação Musical São Luiz de Tolosa e da FAMIG - Fanfarra Monsenhor Ignácio Gióia, quando conquistou diversas premiações e títulos tocando instrumentos de sopro. É componente da banda de apoio do Festival de Marchinhas e do Festival de Música Junina de São Luiz do Paraitinga há vários anos. Também atuou na Banda Quar´de Mata de São Luiz do Paraitinga/SP.

NHÔ FRADE

Fundador e ex-integrante do Grupo Paranga (grupo de música regional), participou ativamente do movimento do Lira Paulistana durante a década de 80. Com o Paranga realizou diversos shows pelo país e gravou quatro discos, como o premiado “Chora Viola, Canta Coração” de 1982. Ainda com o Grupo Paranga participou de diversos programas de TV como: "Som Brasil", "Viola Minha Viola". É componente da banda de apoio do Festival de Marchinhas e do Festival de Música Junina de São Luiz do Paraitinga/SP há vários anos.